Proprietária da Farmácia Cristo Rei afinal não 'bloqueou' viaturas

Carros estacionados em zona destinada aos clientes da farmácia foram 'bloqueados' por um utente que tinha vindo do hospital.   O JM publicou ao final da tarde desta segunda-feira, sob o título "Falta de civismo leva proprietário de farmácia...

Carros estacionados em zona destinada aos clientes da farmácia foram 'bloqueados' por um utente que tinha vindo do hospital.   O JM publicou ao final da tarde desta segunda-feira, sob o título "Falta de civismo leva proprietário de farmácia a tomar atitude drástica", uma notícia que dava conta de uma situação frequente e desagradável. Apesar de a Farmácia Cristo Rei, no Garajau, dispor de lugares de estacionamento para os clientes, os espaços em questão são, frequentemente, ocupados abusivamente por outras pessoas, "que vão ao café ou ao cabeleireiro". Ao contrário do que o JM noticiou, não foi o proprietário da farmácia que decidiu tomar uma atitude, mas sim um utente, que tinha acabado de sair do hospital, impossibilitado de estacionar o seu carro, não teve meias medidas e decidiu tapar as viaturas em causa. Idalina Sousa, proprietária do espaço, reconhece o estacionamento abusivo mas garante que "não teria uma atitude destas" e que a viatura que estava a bloquear as outras não era sua "nem tinha sido posta ali por sua indicação".