PS contrariou "arrogância e opacidade do passado" no Funchal, diz Miguel Silva Gouveia

Miguel Silva Gouveia interveio na sessão de abertura, para referir que “o Funchal é hoje uma cidade financeiramente mais credível, mais equitativa e justa e ambientalmente mais sustentável”, conforme exaltou o presidente da Câmara Municipal do Funchal. E, conforme as suas palavras, tal se deve “ao trabalho do Partido Socialista”. Miguel Silva Gouveia que o Funchal é governado debaixo de “confiança e boicotes”, da população e da oposição, respetivamente. Falou em “arrogância e opacidade do passado”, que o PS contrariou, “inaugurando uma nova era”. A oposição "vaticinava, quando reprovou o orçamento, que caíssemos em março, mas não só não caímos como fizemos mais com menos recursos".

PS contrariou "arrogância e opacidade do passado" no Funchal, diz Miguel Silva Gouveia
Miguel Silva Gouveia interveio na sessão de abertura, para referir que “o Funchal é hoje uma cidade financeiramente mais credível, mais equitativa e justa e ambientalmente mais sustentável”, conforme exaltou o presidente da Câmara Municipal do Funchal. E, conforme as suas palavras, tal se deve “ao trabalho do Partido Socialista”. Miguel Silva Gouveia que o Funchal é governado debaixo de “confiança e boicotes”, da população e da oposição, respetivamente. Falou em “arrogância e opacidade do passado”, que o PS contrariou, “inaugurando uma nova era”. A oposição "vaticinava, quando reprovou o orçamento, que caíssemos em março, mas não só não caímos como fizemos mais com menos recursos".