PS-M afirma-se como força alternativa

A Comissão Regional do Partido Socialista-Madeira reuniu-se, esta tarde, pela primeira vez após as eleições legislativas regionais e nacionais, tendo destacado o aumento substancial da votação no partido nestes atos eleitorais. "Temos hoje...

PS-M afirma-se como força alternativa
A Comissão Regional do Partido Socialista-Madeira reuniu-se, esta tarde, pela primeira vez após as eleições legislativas regionais e nacionais, tendo destacado o aumento substancial da votação no partido nestes atos eleitorais. "Temos hoje mais PS na Assembleia da República, temos mais PS na Assembleia Legislativa Regional", congratulou-se o presidente da Comissão Regional. Tal como afirmou Bernardo Trindade, "se este reforço de confiança é saudado por todos, é simultaneamente também um sinal de enorme responsabilidade" e significa que os madeirenses e os porto-santenses esperam mais do PS. O responsável enalteceu também o cuidado que houve na elaboração das listas às eleições, com múltiplas áreas setoriais e múltiplos concelhos representados, para "dar expressão àquela que é uma vontade de mudança que os madeirenses sublinharam nos dois atos eleitorais". Nesta reunião, que contou também com a participação dos deputados socialistas eleitos, Bernardo Trindade afirmou que o PS sai "com esta responsabilidade maior de ser, indiscutivelmente, uma «força alternativa" que vai pautar a sua ação nesta legislatura por "apresentar propostas alternativas, um caminho alternativo ao Governo da Madeira, na certeza de que, daqui a quatro anos, quando se fizer essa avaliação, possamos merecer uma confiança que todos os socialistas da Madeira e do Porto Santo anseiam".