PS repudia "jogos políticos" da Horários do Funchal contra a CMF

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista (PS) repudia as declarações proferidas contra a Câmara Municipal do Funchal por parte da empresa Horários do Funchal, que envolvem os itinerários dos transportes públicos de passageiros na Noite do...

PS repudia "jogos políticos" da Horários do Funchal contra a CMF
O Grupo Parlamentar do Partido Socialista (PS) repudia as declarações proferidas contra a Câmara Municipal do Funchal por parte da empresa Horários do Funchal, que envolvem os itinerários dos transportes públicos de passageiros na Noite do Mercado. Numa atitude que, considera o partido, "mostra, claramente, que a empresa apenas se quer envolver em "jogos políticos" e que têm como principal objetivo difamar publicamente a Autarquia". A nota, assinada pelo líder parlamentar Miguel Iglésias, refere ainda o seguinte: "É lamentável que uma empresa que tem uma responsabilidade social de extrema importância no que toca ao transporte público de passageiros na cidade do Funchal, assuma uma postura de apêndice político do PSD, expressando de uma forma clara e evidente uma atitude de oposição à CMF por não ser da mesma cor política, vindo a público difamar a atuação da Autarquia, quando essa devia de estar mais concertada no serviço que presta à população. Esta não é esta a postura que uma empresa pública deva assumir, mas sim, a de se concentrar numa política estratégica, objetiva e responsável que garanta a prestação de um serviço de transportes públicos que corresponda às expetativas e necessidades da população. Toda essa situação revela assim que esta administração está a mais. Urge a sua mudança, designando um conselho de administração que não faça jogos político-partidários, mas sim aquela que é sua competência e objetivo, que é o de prestar o melhor serviço público possível de transporte público rodoviário no Funchal."