PSD enaltece os 100 milhões de euros para ajudar empresas e trabalhadores

O Grupo Parlamentar do PSD ressalvou hoje o facto de, em situação de pandemia, o Governo Regional ter tomado várias medidas não só no que diz respeito às famílias como também no sentido da revitalização e recuperação da economia, através do apoio às empresas.   Uma dessas medidas, conforme destacou o deputado Rafael Carvalho, numa iniciativa realizada na Rua Fernão de Ornelas, é a Linha de crédito INVESTE RAM Covid 19. O deputado referiu que, com um montante de 100 milhões de euros e objetivos muito claros, esta linha  tem como finalidade apoiar a tesouraria das empresas, de modo a continuarem a sua atividade e a privilegiarem a manutenção dos postos de trabalho. "Importa referir que é um apoio aos vários setores de atividade  e a todos os concelhos da Região e destina-se às micro, pequenas e médias empresas, tendo sido   aceites  mais de 3000 candidaturas", disse. Rafael Carvalho salientou  que é concedido um período de  carência de 18 meses, sendo o financiamento a fundo perdido se as empresas mantiverem os seus trabalhadores, incluindo os sócios-gerentes. Para o deputado, esta "é mais uma demonstração de que o  Governo Regional respondeu  não só às necessidades das empresas, mas também apoiou as famílias,  pois numa fase de dificuldade face ao contexto da pandemia é importante salvaguardar o rendimento familiar e assim possibilitar às famílias o cumprimento das suas obrigações".  

PSD enaltece  os 100 milhões de euros para ajudar empresas e trabalhadores
O Grupo Parlamentar do PSD ressalvou hoje o facto de, em situação de pandemia, o Governo Regional ter tomado várias medidas não só no que diz respeito às famílias como também no sentido da revitalização e recuperação da economia, através do apoio às empresas.   Uma dessas medidas, conforme destacou o deputado Rafael Carvalho, numa iniciativa realizada na Rua Fernão de Ornelas, é a Linha de crédito INVESTE RAM Covid 19. O deputado referiu que, com um montante de 100 milhões de euros e objetivos muito claros, esta linha  tem como finalidade apoiar a tesouraria das empresas, de modo a continuarem a sua atividade e a privilegiarem a manutenção dos postos de trabalho. "Importa referir que é um apoio aos vários setores de atividade  e a todos os concelhos da Região e destina-se às micro, pequenas e médias empresas, tendo sido   aceites  mais de 3000 candidaturas", disse. Rafael Carvalho salientou  que é concedido um período de  carência de 18 meses, sendo o financiamento a fundo perdido se as empresas mantiverem os seus trabalhadores, incluindo os sócios-gerentes. Para o deputado, esta "é mais uma demonstração de que o  Governo Regional respondeu  não só às necessidades das empresas, mas também apoiou as famílias,  pois numa fase de dificuldade face ao contexto da pandemia é importante salvaguardar o rendimento familiar e assim possibilitar às famílias o cumprimento das suas obrigações".