"Quando te apanhar lá fora, violo-te". Adepto enfurecido ameaça árbitra de 16 anos

Uma árbitra assistente de 16 anos foi assediada durante o jogo regional entre Chilegua La Pared Sports Club e a Unión Deportiva Jandía. A jovem foi ameaçada por um adepto em Forteventura, nas Canárias, esta sexta-feira, revela o Correio da...

"Quando te apanhar lá fora, violo-te". Adepto enfurecido ameaça árbitra de 16 anos
Uma árbitra assistente de 16 anos foi assediada durante o jogo regional entre Chilegua La Pared Sports Club e a Unión Deportiva Jandía. A jovem foi ameaçada por um adepto em Forteventura, nas Canárias, esta sexta-feira, revela o Correio da Manhã. No último minuto do jogo, uma rixa entre os jogadores dos dois clubes causou a revolta de um adepto da equipa visitante, que se dirigiu à árbitra ameaçando-a que se a apanhasse fora do estádio a violava e agredia, de acordo com a mesma fonte.  "Quando te apanhar lá fora, violo-te. Vou partir-te a cara", ameaçou. O adepto aproximou-se da jovem enquanto movia violentamente os braços, o que levou à intervenção dos próprios jogadores.  A notícia foi dada pelo jornal desportivo Marca que teve acesso à ata arbitral do jogo que decorreu esta sexta-feira. A ata abordava o acontecimento no final do jogo contando que, devido à gesticulação e postura agressiva do homem, alguns jogadores sentiram a necessidade de intervir perante o assédio e ameaça feita à menor.  Refira-se que esta não é a primeira vez que o clube é notificado por má conduta. Recentemente o presidente do clube e o treinador entraram em campo para intimidar o árbitro. O comportamento do adepto levou o comité da federação de futebol a sancionar o clube. Há 20 dias, o Jandía foi sancionado com uma multa de quase 3 mil euros ao clube, o encerramento do campo durante quatro jogos, a suspensão do presidente durante oito meses e do treinador durante quatro. O tipo de medidas adotadas perante o recente acontecimento ainda não foram divulgadas.