Quatro assistentes de bordo detidos em Miami após transportarem milhares de dólares

No Aeroporto Internacional de Miami, nos Estados Unidos, quatro assistentes de bordo foram detidos e acusados de lavagem de dinheiro após terem transportado várias quantias monetárias para dentro do país. De acordo com a notícia avançada pelo...

Quatro assistentes de bordo detidos em Miami após transportarem milhares de dólares
No Aeroporto Internacional de Miami, nos Estados Unidos, quatro assistentes de bordo foram detidos e acusados de lavagem de dinheiro após terem transportado várias quantias monetárias para dentro do país. De acordo com a notícia avançada pelo site ‘Notícias ao Minuto’, a companhia aérea American Airlines informou estar a colaborar com a investigação das autoridades. As três mulheres e o homem estavam a passar pela segurança alfandegária, de forma rotineira, no momento em que a detenção ocorreu, na segunda-feira Segundo um relatório da polícia de Miami-Dade a que a CNN teve acesso, im dos agentes alfandegários estava a fazer a revista a Carlos Alberto Munoz-Moyano, que tinha acabado de chegar do Chile, quando o questionou sobre a quantia de dinheiro que levava consigo. O assistente de bordo respondeu que levava apenas 100 dólares (89 euros). Mais tarde, admitiu que tinha 9 mil dólares (8 mil euros). O mencionado agente, acrescenta o Notícias ao Minuto, alertou os colegas. Foi então descoberto que outros dois assistentes de bordo do mesmo voo também transportavam largas somas de dinheiro, sendo que nenhum tinha autorização para o efeito. No total, foram apreendidos 22.671 dólares (cerca de 20 mil euros). Não foi revelado, no relatório da polícia, se a quarta assistente de bordo transportava, ou não, não sendo certo o papel terá desempenhado no crime. No entanto, os quatro foram acusados de lavagem de dinheiro por omissão e de transporte de dinheiro sem autorização.