Rafael Macedo entrega "documentos" no tribunal para provar a sua inocência

O médico Rafael Macedo entregou hoje um conjunto de documentos no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) da Comarca da Madeira, no âmbito do inquérito que decorre às suas polémicas declarações sobre o Serviço de Saúde da Região Autónoma...

Rafael Macedo entrega "documentos" no tribunal para provar a sua inocência
O médico Rafael Macedo entregou hoje um conjunto de documentos no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) da Comarca da Madeira, no âmbito do inquérito que decorre às suas polémicas declarações sobre o Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM. Ladeado por “pessoas da sua confiança”, mas sem a presença de um advogado, o médico de Medicina Nuclear, atualmente suspenso devido a um processo disciplinar interno, movido na sequência da polémica gerada em torno das suas declarações na Assembleia Legislativa da Madeira, em março último, e a braços com inquéritos judiciais, pelas mesmas declarações, entregou hoje vários documentos, entre os quais troca de emails dentro do SESARAM, com vista a provar a sua inocência. Os documentos que o clínico entregou hoje foram requeridos pelo DIAP. O médico mantém que não cometeu qualquer crime. Sabia mais sobre este processo na edição impressa de amanhã do JM.