Rafael Macedo foi notificado hoje do seu despedimento

O médico que fez graves declarações que levaram ao processo interno foi hoje notificado da decisão de o despedir. Segundo sabe o Jornal, Rafael Macedo aguadou ao longo de vários meses pelo resultado do inquérito interno e acabou por conhecer hoje que lhe foi aplicada a medida mais drástica: despedimento por justa causa com efeitos imediatos. A decisão acabou por ser comunicada esta tarde pelo SESARAM que invoca o desrespeito do profissional perante várias normas legais. Macedo é acusado de ter "violação dos deveres de respeito, urbanidade e probidade, dever de assiduidade, dever de realizar o trabalho com zelo e diligencia, dever de cumprir ordens e instruções do empregador, dever de lealdade ao empregador"

Rafael Macedo foi notificado hoje do seu despedimento
O médico que fez graves declarações que levaram ao processo interno foi hoje notificado da decisão de o despedir. Segundo sabe o Jornal, Rafael Macedo aguadou ao longo de vários meses pelo resultado do inquérito interno e acabou por conhecer hoje que lhe foi aplicada a medida mais drástica: despedimento por justa causa com efeitos imediatos. A decisão acabou por ser comunicada esta tarde pelo SESARAM que invoca o desrespeito do profissional perante várias normas legais. Macedo é acusado de ter "violação dos deveres de respeito, urbanidade e probidade, dever de assiduidade, dever de realizar o trabalho com zelo e diligencia, dever de cumprir ordens e instruções do empregador, dever de lealdade ao empregador"