Raquel Coelho apela à participação

A cabeça de lista do PTP às eleições da Madeira, Raquel Coelho, exerceu hoje o seu direito de voto na Escola da Palmeira, no concelho de Santa Cruz, onde se manifestou de "consciência tranquila" e apelou à participação do eleitorado. "É importante...

Raquel Coelho apela à participação
A cabeça de lista do PTP às eleições da Madeira, Raquel Coelho, exerceu hoje o seu direito de voto na Escola da Palmeira, no concelho de Santa Cruz, onde se manifestou de "consciência tranquila" e apelou à participação do eleitorado. "É importante esclarecer que isso [a abstenção], em termos de efeitos práticos, não é consequente. Não é dessa forma que os eleitores devem punir os comportamentos menos bons na política. Devem punir acompanhando, fazendo a crítica e votando", disse a candidata. Raquel Coelho, que foi eleita deputada em 2015 pelo PTP, em coligação com o PS, PAN e MPT, afirmou que as expectativas para as eleições de hoje "são as melhores". "Temos trabalhado junto com as pessoas, temos um projeto político para a Madeira e eu acredito piamente que os madeirenses e porto-santenses saberão reconhecer que nós temos feito um excelente trabalho na defesa dos madeirenses e porto-santenses e que somos uma voz imprescindível no parlamento regional", disse. A candidata trabalhista manifestou-se de "consciência tranquila", reforçando que o seu partido colocou "sempre" a Madeira em primeiro lugar. As eleições regionais legislativas da Madeira decorrem hoje, com 16 partidos e uma coligação a disputar os 47 lugares no parlamento regional. PDR, CHEGA, PNR, BE, PS, PAN, Aliança, Partido da Terra-MPT, PCTP/MRPP, PPD/PSD, Iniciativa Liberal, PTP, PURP, CDS-PP, CDU (PCP/PEV), JPP e RIR são as 17 candidaturas validadas para estas eleições, com um círculo único. Nas regionais de 2015, os sociais-democratas seguraram a maioria absoluta - com que sempre governaram a Madeira - por um deputado, com 24 dos 47 parlamentares.