Reajustamento de uma vereda na Quinta Grande

O presidente da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, Pedro Coelho, acompanhado do executivo municipal e do presidente da Junta de Freguesia da Quinta Grande, visitaram esta manhã, as obras de reajustamento da vereda da Ribeira do Escrivão,...

Reajustamento de uma vereda na Quinta Grande
O presidente da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, Pedro Coelho, acompanhado do executivo municipal e do presidente da Junta de Freguesia da Quinta Grande, visitaram esta manhã, as obras de reajustamento da vereda da Ribeira do Escrivão, situada na freguesia da Quinta Grande. A vereda do Caminho da Ribeira do Escrivão, localiza-se na freguesia da Quinta Grande, tendo início na Estrada João Gonçalves Zarco e terminando na zona das Fontainhas. A intervenção visitada hoje foi realizada no troço inicial da vereda, e vem colmatar o risco de colapso do muro de suporte da mesma, que ocorria num troço de 21 metros. A zona pedonal foi recuada cerca de um metro e meio e foi construída uma muralha de suporte em betão ciclópico bem como um muro sobranceiro à vereda. A situação de risco foi sinalizada pelo presidente da Junta de Freguesia da Quinta Grande, João Rodrigues e prontamente avaliada pelo Serviço Municipal de Proteção Civil em articulação com a Divisão de Obras e Manutenção da autarquia câmara-lobense, que verificou a necessidade da intervenção de forma a repor a segurança de circulação. A obra estará finalizada esta semana, após a passagem da rede de saneamento, que esta ser colocada pela ARM – Águas e Resíduos da Madeira, desde a zona das Fontainhas. Pedro Coelho, presidente da autarquia salientou que, apesar da intervenção ocorrer ao longo de uma pequena extensão da vereda, esta era uma obra prioritária, já que estava em causa a segurança de quem diariamente utiliza aquela vereda e a estabilidade das habitações e terrenos sobranceiros à zona intervencionada. Por isso mesmo, desde a sinalização inicial até à finalização da obra, passaram pouco mais de 6 meses. A execução das obras foi suportada pelo orçamento municipal tendo sido orçada em cerca de 39 mil euros.