Região vai apostar no levantamento cadastral digital

Miguel Albuquerque diz que a cartografia simplificada será uma das apostas do Governo Regional para o próximo mandato. Um projeto que irá inovar ao nível do mapeamento da Região e que promete beneficiar sobremaneira várias áreas da governação...

Região vai apostar no levantamento cadastral digital
Miguel Albuquerque diz que a cartografia simplificada será uma das apostas do Governo Regional para o próximo mandato. Um projeto que irá inovar ao nível do mapeamento da Região e que promete beneficiar sobremaneira várias áreas da governação e também os cidadãos. O governante diz que o levantamento cadastral é fundamental para a Região e afirma contar com a Associação Insular de Geografia para o efeito. Associação que deu ontem posse aos seus corpos sociais, em cerimónia que contou com a presença de Miguel Albuquerque. O presidente do Governo Regional foi a Câmara de Lobos sublinhar o apreço pela Associação e garantir o apoio solicitado pela direção, no processo de utilidade pública que a mesma quer promover. E também aproveitou para elogiar a governação da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, «pelo conjunto de decisões atratividades e projetos que fazem parte, hoje, do concelho». «Câmara de Lobos tem sido bem governada e não tem tido problemas em inovar nem em estabelecer parcerias para a governação», disse ainda. Um exemplo que diz ser comum à Associação Insular de Geografia, que acompanhou desde a sua fundação. «Esta associação desde o início abalançou-se a um conjunto multifacetado de projetos, em que estivemos juntos (Governo e associação) muitas vezes. Por exemplo, lembro-me de que fomos os primeiros a introduzir, na Região, quando estava na CMF, a cartografia digital», acrescentou. O presidente do Governo Regional lembrou ainda que um dos desafios para a Associação é também para a Região, que é o da tecnologia 5G. «A nossa ideia é começar na Madeira, rapidamente, com a tecnologia 5G. E vai ser uma tecnologia que temos de acompanhar e, sobretudo, aproveitar», disse. Uma prioridade do Governo Regional será avançar com o cadastro simplificado o mais rapidamente possível. «É uma necessidade da Região. Há muitas áreas da Região que precisam desse levantamento cadastral e contamos convosco para realizar esse projeto o mais rapidamente possível. É um dos objetivos do próximo programa de Governo», salientou. E a concluir, dirigindo-se aos dirigentes da Associação, a convicção: «Eu sei que este vosso quadriénio vai ser como o meu: vai correr muito bem!».