Ricardo Lume desafia Governo a criar "passe social único", Barreto responde com novo modelo

O deputado comunista Ricardo Lume perguntou hoje ao Governo Regional se estaria disposto a criar o "passe social único" para não onerar aqueles que vivem num concelho e trabalham noutro. "Era fundamental que essa realidade fosse implementada...

Ricardo Lume desafia Governo a criar
O deputado comunista Ricardo Lume perguntou hoje ao Governo Regional se estaria disposto a criar o "passe social único" para não onerar aqueles que vivem num concelho e trabalham noutro. "Era fundamental que essa realidade fosse implementada já em janeiro de 2019", disse. Na resposta, Rui Barreto destacou a "grande reforma" realizada o ano passado, ao baixar o valor dos preços dos passes, a qual obteve um "incremento de 10%" no número de passageiros. Comparou com o modelo continente, para dizer que lá há uma balbúrdia", enquanto que na Madeira há "previsibilidade". O secretário regional da Economia adiantou, por outro lado, que ate ao final do ano será lançado um concurso público para os transportes de modo a haver uma integração da rede e haver um "passe social único". Neste novo modelo, o Funchal continuará entregue à Horários do Funchal, mas depois haverá dois lotes (um a oeste e outro a este). Barreto espera que os empresários do setor possam concorrer, para haver integração dos transportes. Também Sérgio Gonçalves, deputado do PS, questionou os elogios que recentemente Rui Barreto fez ao desempenho da economia regional nos últimos anos.  A posição de Rui Barreto preocupa o deputado socialista, pois significar que as políticas serão as mesmas no futuro. Rui Barreto respondeu que os números falam por si.