Rússia: Jovem esfaqueia irmã 189 vezes e arranca-lhe os olhos num ataque de ciúmes

Elizaveta Dubrovina, de 22 anos, à direita na foto, está a ser julgada por ter alegadamente torturado e esfaqueado 189 vezes a irmã (à esquerda) num ataque de ciúmes em São Petersburgo, Rússia, informa o Correio da Manhã. Elisaveta terá cortado...

Rússia: Jovem esfaqueia irmã 189 vezes e arranca-lhe os olhos num ataque de ciúmes
Elizaveta Dubrovina, de 22 anos, à direita na foto, está a ser julgada por ter alegadamente torturado e esfaqueado 189 vezes a irmã (à esquerda) num ataque de ciúmes em São Petersburgo, Rússia, informa o Correio da Manhã. Elisaveta terá cortado as orelhas e arrancado os olhos à irmã, além de lhe ter aplicado golpes nos ouvidos. Elizaveta é acusada de atacar a modelo, Stefania, até à morte e, se condenada, enfrenta uma pena de até 25 anos de prisão.  A russa foi detida pelo homicídio em 2016 e enviada para tratamento psiquiátrico durante três anos. Agora, após ter sido considerada capaz de ir a julgamento, Elizaveta nega veementemente as acusações e aponta o dedo ao amante da irmã, Alexey Fateev, atualmente com 44 anos.  Stefania morreu na casa do amante, que havia saído para comprar vinho e encontrou o cadáver "desfeito" da modelo quando regressou. No entanto, as autoridades garantem que Alexey é testemunha e não suspeito. Após encontrar o corpo nu da namorada morta no seu apartamento e, ao ver Elizaveta, deteve-a até que a polícia chegasse, para impedir que esta fugisse.