Santa Cruz: Praia das Palmeiras interdita a banhos

A informação foi divulgada na terça-feira pelo Município de Santa Cruz através das redes sociais. Na sequência de uma rotura da conduta de bombagem da Estação Elevatória do Mercado para a ETAR de Santa Cruz, águas residuais urbanas estão a...

Santa Cruz: Praia das Palmeiras interdita a banhos
A informação foi divulgada na terça-feira pelo Município de Santa Cruz através das redes sociais. Na sequência de uma rotura da conduta de bombagem da Estação Elevatória do Mercado para a ETAR de Santa Cruz, águas residuais urbanas estão a infiltrar-se para a rede pública de águas pluviais, que por sua vez descarregam na Praia das Palmeiras que se encontra, por esse motivo, interdita a banhos. “Neste momento, está a ser preparada uma obra de reparação da conduta em causa pela empresa responsável da operação das ETAR's e EE's, que durará seguramente alguns dias, na zona do entroncamento entre a Rua Bela de São José e a Rua da Praia, logo acima da Padaria-Pastelaria ‘Matinal’”, informa a mesma fonte. Ao JM, fonte da autarquia informou que esta foi uma “rutura grave” que requer uma intervenção com “alguma complexidade”, motivo pelo qual foi alargado o decorrer das obras. A bandeira azul foi, entretanto, arriada e colocada a bandeira amarela, até que a Capitania forneça informações suplementares, nomeadamente sobre a colocação da bandeira vermelha se assim se justificar. “Só vamos levantar a interdição quando tivermos provas de que as análises realizadas garantem a segurança das águas, o que também depende das condições do mar”, declarou fonte do gabinete de comunicação do Município. “Tínhamos mesmo de tomar a decisão de interdição, pois está em causa a saúde pública. Embora a água possa parecer que está boa, preferimos não arriscar para evitar que as pessoas fiquem doentes”, acrescentou. Sem avançar a data precisa em que a bandeira azul voltará a ser içada, a autarquia calcula que isso ocorra no decorrer da próxima semana. “Pedimos desculpa pelo incómodo causado, mas a situação ocorrida assim o determina", conclui a mesma fonte, nas redes sociais.