Santa Luzia: Explosões em anexo não causaram feridos (com vídeos e fotos)

Sem feridos, um anexo destruído e um grande susto provocado por duas grandes explosões. A assim se pode resumir a ocorrência registada pouco depois do início da madrugada desta quinta-feira, no Funchal.  Os rebentamentos - ao que tudo indica de pelo menos duas botijas de gás - foram bem audíveis em várias zonas da cidade, mas causaram maior tensão junto dos munícipes que residem nas áreas próximas da residência onde ocorreram os factos.  Por razões que ainda estão por apurar, as explosões ocorreram no interior do anexo de uma residência situada no beco do Pão Duro, que é acedido através da rua nova de Santa Luzia.  Cerca de 30 elementos das duas corporações de bombeiros do Funchal, apoiados por cerca de uma dezena de viaturas, foram destacados para o local, onde chegou a deflagrar um incêndio.  Ao JM apurou, bastou sobretudo a intervenção dos Bombeiros Voluntários Madeirenses, primeira corporação a chegar ao local, que fica sob a sua alçada operacional. A PSP também destacou agentes para o local.

Santa Luzia: Explosões em anexo não causaram feridos (com vídeos e fotos)
Sem feridos, um anexo destruído e um grande susto provocado por duas grandes explosões. A assim se pode resumir a ocorrência registada pouco depois do início da madrugada desta quinta-feira, no Funchal.  Os rebentamentos - ao que tudo indica de pelo menos duas botijas de gás - foram bem audíveis em várias zonas da cidade, mas causaram maior tensão junto dos munícipes que residem nas áreas próximas da residência onde ocorreram os factos.  Por razões que ainda estão por apurar, as explosões ocorreram no interior do anexo de uma residência situada no beco do Pão Duro, que é acedido através da rua nova de Santa Luzia.  Cerca de 30 elementos das duas corporações de bombeiros do Funchal, apoiados por cerca de uma dezena de viaturas, foram destacados para o local, onde chegou a deflagrar um incêndio.  Ao JM apurou, bastou sobretudo a intervenção dos Bombeiros Voluntários Madeirenses, primeira corporação a chegar ao local, que fica sob a sua alçada operacional. A PSP também destacou agentes para o local.