Sara Madalena acredita que madeirenses “darão oportunidade a uma mulher irreverente”

A candidatura do CDS-PP Madeira à Assembleia da República percorreu esta quinta-feira a costa sul da Madeira, desde a Ponta do Sol até à Ponta do São Lourenço, em caravana automóvel, com uma curiosidade pouco usual. A candidata Sara Madalena...

Sara Madalena acredita que madeirenses “darão oportunidade a uma mulher irreverente”
A candidatura do CDS-PP Madeira à Assembleia da República percorreu esta quinta-feira a costa sul da Madeira, desde a Ponta do Sol até à Ponta do São Lourenço, em caravana automóvel, com uma curiosidade pouco usual. A candidata Sara Madalena surpreendeu ao volante de um camião, colocando-se à cabeça da caravana e guiando-a. Logo pela manhã, na freguesia dos Canhas, a equipa de Sara Madalena recebeu o líder do CDS-PP, Rui Barreto, num ambiente de alegria e irreverência. "Este será, com certeza, o dia mais divertido e mais enérgico da campanha", disparou a primeira candidata do CDS à Assembleia da República pelo círculo eleitoral da Madeira, perante a curiosidade dos jornalistas. "O meu objetivo é demonstrar que o CDS é um partido jovem, enérgico e irreverente, diferente e com capacidade de inovação, muito para além de renovação", frisou. Nesse contexto, Sara Madalena adiantou que não teme qualquer confusão por parte do eleitorado por, no espaço de apenas 15 dias, ter de ir às urnas fazer duas escolhas distintas: eleições para a Assembleia Legislativa da Madeira e para a Assembleia da República. "Tenho a certeza de que os madeirenses sabem muito bem discernir o que está em causa, e tenho a certeza de que darão oportunidade a uma mulher irreverente, muito pouco tradicional, porque até conduz camião há uns anos, e não tem medo absolutamente nenhum de atravessar a costa sul ao volante de um camião, como também não tem medo de atravessar o Atlântico e levar os nossos direitos além-mar", rematou.