Saúde ‘leva’ 2 mil milhões de euros desde 2015

Pedro Ramos responde às críticas de falta de investimento na Saúde e, em reação às questões relacionadas com as listas de espera, o secretário diz também que, em cinco anos, foram operados mais de 30 mil doentes. Paulo Alves da JPP acusou,...

Saúde ‘leva’ 2 mil milhões de euros desde 2015
Pedro Ramos responde às críticas de falta de investimento na Saúde e, em reação às questões relacionadas com as listas de espera, o secretário diz também que, em cinco anos, foram operados mais de 30 mil doentes. Paulo Alves da JPP acusou, em contraposição, o secretário Regional da Saúde e Proteção Civil não ‘pintar’ a Saúde na Madeira de forma diferente dos utentes madeirenses. “Há quantos anos as obras no ambulatório estão paradas”, questionou o deputado. Não há discriminação no Serviço de Saúde, retorquiu Pedro Ramos, garantindo que, durante este ano, estarão em funcionamento as quatro salas de cirurgia de ambulatório.  Já Victor Freitas confrontou o secretário Regional da Saúde e Proteção Civil com a polémica em torno da recusa por parte dos diretores de serviço do nome de Filomena Gonçalves para diretora clínica do SESARAM, acusando Pedro Ramos de ter responsabilidades no tratamento dado à médica na praça pública e questionando-o sobre quem vetou a direção clínica proposta pelo CDS-PP. O governante ainda não respondeu ao parlamentar socialista sobre esta temática.