Serra das Funduras acolhe prova de montanha a 11 de agosto

Terá lugar, no próximo dia 11 de agosto, a prova de montanha Serra das Funduras, entre a Ribeira de Machico e a Portela. Trata-se de uma organização da Associação de Atletismo da Madeira em parceria com a Junta de Freguesia de Santo António...

Serra das Funduras acolhe prova de montanha a 11 de agosto
Terá lugar, no próximo dia 11 de agosto, a prova de montanha Serra das Funduras, entre a Ribeira de Machico e a Portela. Trata-se de uma organização da Associação de Atletismo da Madeira em parceria com a Junta de Freguesia de Santo António da Serra. A prova, com um percurso de 8.000 metros e um desnível positivo acumulado de 391 metros, terá partida na Ribeira de Machico (final do Caminho da Fajã dos Rolos), seguindo por estradões de terra batida, até à meta instalada na Portela (entroncamento com o Caminho do Lameirão). De acordo com a organização, “a prova será aberta à participação de Atletas Federados, Inatel, Populares, Escolas, ForçasmMilitares e Militarizadas, de ambos os sexos, de nacionalidade portuguesa ou estrangeira” e o tempo máximo de conclusão da competição é de 2 horas. Haverá abastecimentos: Líquidos/Energéticos: Km 2,7; Km 4,6; Meta. Para além dos prémios atribuídos aos melhores atletas (feminino/masculino), em termos da classificação coletiva será vencedora a equipa que somar o menor número de pontos, de acordo com as posições obtidas à chegada pelos seus três primeiros elementos. Em caso de empate será valorizada a equipa cujo 3.º elemento obtenha melhor classificação individual. Acrescentar aqui que a classificação na prova implica o uso obrigatório do chip e do peitoral usados no “Madeira a Correr”. Como já é hábito, as inscrições poderão ser feitas no local de partida, impreterivelmente até trinta minutos antes da prova, e a chamada dos atletas realizar-se-á quinze minutos antes da partida. Também os atletas não federados poderão se inscrever na prova, mediante o pagamento do seguro no valor de 5 euros. E mais: “todos os atletas federados ou não federados que não possuam chip definitivo, poderão utilizar um chip provisório, devendo para o efeito deixar uma caução de 5 euros. No final da prova, o chip deverá ser devolvido à organização, sendo restituído o valor da caução.