SINDEPOR apresenta cumprimentos à nova equipa da SRS

O SINDEPOR informa em comunicado que esteve reunido hoje dia 15 de Novembro de 2019 com o Secretário Regional da Saúde, Pedro Ramos, e equipa, com o objetivo de apresentação de cumprimentos à nova equipa da SRS , dar cumprimento ao  já  estabelecido ...

SINDEPOR apresenta cumprimentos à nova equipa da SRS
O SINDEPOR informa em comunicado que esteve reunido hoje dia 15 de Novembro de 2019 com o Secretário Regional da Saúde, Pedro Ramos, e equipa, com o objetivo de apresentação de cumprimentos à nova equipa da SRS , dar cumprimento ao  já  estabelecido  anteriormente na ata e adenda da ata de  Compromisso  assim como apresentação de novas propostas  reivindicativas. “O diálogo e cooperação entre as partes permitiu o acordo de entendimento anterior e esperamos que se mantenha o mesmo clima de concertação servindo de exemplo ao todo, Nacional”, lê-se em comunicado do partido. Acrescenta a mesma nota que a “classe de Enfermagem ficou maioritariamente  satisfeita com  os acordos alcançados no entanto ficaram alguns pontos por solucionar que ficaram plasmados na ultima adenda, ao acordo firmado”. “Irão avançar para Decreto Legislativo Regional alguns dos pontos já acordados e apresentados pelo  SINDEPOR anteriormente”, refere. Menciona ainda que os “restantes aguardam uma solução, havendo abertura para a concretização de todos os pontos já apresentados pelo SINDEPOR à exceção da contabilização dos pontos dos enfermeiros que exerceram funções a recibos verdes”. Sublinha que “mesmo nesta situação em que não se vislumbra solução, o SINDEPOR manterá e tentará a procura de SOLUÇÕES”. “Além dos pontos apresentados não podemos deixar de referir a reivindicação da reforma antecipada para os 57 anos e 35 anos de serviço, reivindicação à qual a Secretaria através do Pedro Ramos mostrou abertura”, refere. Mais informa que a “juntar a estas, a redução faseada do tempo de serviço, o eventual acréscimo remuneratório através dum subsidio de risco, incentivos  à fixação  dos enfermeiros no SRS foram temas debatidos além  de outros”. “Não podemos esquecer as formas avaliativas atuais dos Enfermeiros que terão de  ter uma outra solução que vá de encontro ao  que os enfermeiros  pretendem .Não  esquecemos que a avaliação qualitativa anterior anterior possibilitava a transição de 3 em 3 anos dos  Enfermeiros e que neste momento vimo-nos regidos  pelo Siadap com transições  de 10 em 10 anos se nada for corrigido”, lê-se “Sabemos que foram dados passos muito importantes até este momento, queremos um crescimento reivindicativo sustentado pois o bom senso assim o exige”, refere. “Àqueles que confiaram no SINDEPOR Madeira através da sindicalização mais uma vez um muito obrigado pela confiança depositada”, informa “Caminharemos num trilho de seriedade, imparcialidade e verdade, dando voz a todos mesmo por mais insignificantes que possam  parecer os problemas e por menor  que seja o número  de enfermeiros atingido”, garante. “Àqueles que estranharam a nossa ausência neste período eleitoral, temos a dizer. “Estivemos e continuamos muito atentos às situações que nos são reportadas. Podem confiar no SINDEPOR  e na sua equipa”, declara. “Quisemos fazer diferente e estamos fazendo diferente no panorama sindical Regional e Nacional”, garante. “Àqueles não sindicalizados temos a dizer o seguinte...esta foi uma luta de todos os associados de todos os sindicatos que confiaram nos mesmos. A esses pedimos que se juntem à luta”, salienta. “Todos gostámos da greve cirúrgica, dos dignos representantes do SINDEPOR na mesma”, refere. “Manteremos a Postura Negocial que nos carateriza tentando sempre fazer parte da solução e não do problema, abertos, sempre a novas soluções e desafios”, conclui.