Sindicato alerta associação europeia de tripulantes para “sucessivos atropelos” à lei pela TAP

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo de Aviação Civil (SNPVAC) alertou a Associação Europeia de Tripulantes de Cabine (EurECCA) para os “sucessivos atropelos” à legislação laboral que diz ter vindo a verificar na TAP, foi hoje anunciado....

Sindicato alerta associação europeia de tripulantes para “sucessivos atropelos” à lei pela TAP
O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo de Aviação Civil (SNPVAC) alertou a Associação Europeia de Tripulantes de Cabine (EurECCA) para os “sucessivos atropelos” à legislação laboral que diz ter vindo a verificar na TAP, foi hoje anunciado. O vice-presidente do SNPVAC Luís Moreira e o diretor, Ricardo Penarroias, estiveram reunidos, na quinta-feira, com a presidente da EurECCA, Annette Groeneveld, tendo transmitido à responsável europeia as suas preocupações relativamente às questões laborais dos tripulantes de cabine em Portugal. De acordo com um comunicado hoje enviado por aquele sindicato, a direção do SNPVAC alertou a EurECCA “relativamente aos sucessivos atropelos que se têm verificado na TAP, tanto relativamente ao Acordo de Empresa, como da própria lei nacional”. No final de dezembro, o novo presidente do SNPVAC, Henrique Louro Martins, considerou, em entrevista à Lusa, que os tripulantes de cabine da TAP vivem um momento de “alguma inquietação” na companhia aérea, situação que comparou a um “barril de pólvora” que poderá ser “demasiado grande” para um rastilho “tão pequeno”. “Julgo que no seio dos tripulantes de cabine se vive alguma inquietação e eu tenho receio que este barril de pólvora se esteja a tornar demasiado grande para um rastilho tão pequeno”, afirmou Henrique Louro Martins.