Subsídio para o Porto Santo o ano todo

A proposta é do PS e parece não encontra grades obstáculos da bancada da maioria que, embora com algumas ressalvas, diz ser um tema que o próprio Governo Regional já estudava. Depois da apreciação de diplomas emanados da Quinta Vigia, defendidos por Pedro Fino e Rui Barreto, respetivamente, no plenário madeirense segue-se um documento apresentado pelo PS, pela voz de Miguel Brito, tendo como objeto o projeto de resolução, intitulado ‘atribuição do Subsídio Social de Mobilidade nos meses de julho, agosto e setembro’. O deputado, oriundo do Porto Santo, defende que o subsídio social de mobilidade entre a ilha da Madeira e a ilha dourada, no que toca a residentes na Madeira, deverá ser alargada a todo o ano, não excluindo a denominada época alta, entre julho e setembro, como vem sucedendo nesta altura. De resto, o objetivo do incentivo foi precisamente os meses fora do verão, para esbater a sazonalidade. Ora, face à pandemia e as respostas necessárias a dar, o deputado socialista advoga uma medida de subsídio durante todo o ano. Para já o PSD mostrou recetividade, tendo mesmo Carlos Rodrigues feito saber que o Governo Regional estava já a estudar este assunto. Considerou a proposta pertinente e lembrou que essas medidas de incentivo dependem de uma série de fatores, como seja a própria evolução da pandemia, a reabertura da praia, entre outros requisitos. Élvio Sousa, não tem dúvidas: “este projeto de resolução vem na altura oportuna”.

Subsídio para o Porto Santo o ano todo
A proposta é do PS e parece não encontra grades obstáculos da bancada da maioria que, embora com algumas ressalvas, diz ser um tema que o próprio Governo Regional já estudava. Depois da apreciação de diplomas emanados da Quinta Vigia, defendidos por Pedro Fino e Rui Barreto, respetivamente, no plenário madeirense segue-se um documento apresentado pelo PS, pela voz de Miguel Brito, tendo como objeto o projeto de resolução, intitulado ‘atribuição do Subsídio Social de Mobilidade nos meses de julho, agosto e setembro’. O deputado, oriundo do Porto Santo, defende que o subsídio social de mobilidade entre a ilha da Madeira e a ilha dourada, no que toca a residentes na Madeira, deverá ser alargada a todo o ano, não excluindo a denominada época alta, entre julho e setembro, como vem sucedendo nesta altura. De resto, o objetivo do incentivo foi precisamente os meses fora do verão, para esbater a sazonalidade. Ora, face à pandemia e as respostas necessárias a dar, o deputado socialista advoga uma medida de subsídio durante todo o ano. Para já o PSD mostrou recetividade, tendo mesmo Carlos Rodrigues feito saber que o Governo Regional estava já a estudar este assunto. Considerou a proposta pertinente e lembrou que essas medidas de incentivo dependem de uma série de fatores, como seja a própria evolução da pandemia, a reabertura da praia, entre outros requisitos. Élvio Sousa, não tem dúvidas: “este projeto de resolução vem na altura oportuna”.