Testes à covid-19 feitos durante quatro dias em escolas da Região detetam quatro positivos e um inconclusivo

Dos 1585 testes rápidos de antigénio feitos,a 3 de maio, na Escola da Apel, na EB/PE de Santo António e Curral das Freiras, resultaram em três casos positivos de covid-19. Na sequência, uma turma (20 alunos) da Escola da APEL e duas turmas (28 alunos) da EB/PE de Santo António e Curral das Freiras estão em regime de aulas não presencial até indicação em contrário das autoridades de saúde, conforme dá conta a Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia. No dia seguinte, a 4 de maio, oram feitos 364 testes rápidos de saliva a alunos da  EB23 do Caniço, e um deu resultado inconclusivo, aguardando-se resultado do consequente teste PCR efetuado ao aluno. Realizaram-se, a 5 de maio, 257 testes rápidos de saliva a alunos da EB1/PE Fonte da Rocha, da EB1/PE da Marinheira e da EB1/PE da Lourencinha, e todos deram resultado negativo. Realizaram-se ainda 1063 testes rápidos de antigénio a alunos do Colégio do Infante D. Henrique, do Colégio de Santa Teresinha, do Colégio da Apresentação de Maria e do Colégio dos Salesianos, e todos deram resultado negativo. A seis de maio, de 840 testes rápidos de antigénio a alunos da EBS/PE/Creche do Porto Moniz, da EBS Dona Lucinda Andrade e EBS da Ponta do Sol, e um deu resultado positivo. Na sequência, uma turma (14 alunos) e sete docentes da EBS Dona Lucinda Andrade estão em regime de aulas não presencial até indicação em contrário das autoridades de saúde.

Testes à covid-19 feitos durante quatro dias em escolas  da Região detetam quatro positivos e um inconclusivo
Dos 1585 testes rápidos de antigénio feitos,a 3 de maio, na Escola da Apel, na EB/PE de Santo António e Curral das Freiras, resultaram em três casos positivos de covid-19. Na sequência, uma turma (20 alunos) da Escola da APEL e duas turmas (28 alunos) da EB/PE de Santo António e Curral das Freiras estão em regime de aulas não presencial até indicação em contrário das autoridades de saúde, conforme dá conta a Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia. No dia seguinte, a 4 de maio, oram feitos 364 testes rápidos de saliva a alunos da  EB23 do Caniço, e um deu resultado inconclusivo, aguardando-se resultado do consequente teste PCR efetuado ao aluno. Realizaram-se, a 5 de maio, 257 testes rápidos de saliva a alunos da EB1/PE Fonte da Rocha, da EB1/PE da Marinheira e da EB1/PE da Lourencinha, e todos deram resultado negativo. Realizaram-se ainda 1063 testes rápidos de antigénio a alunos do Colégio do Infante D. Henrique, do Colégio de Santa Teresinha, do Colégio da Apresentação de Maria e do Colégio dos Salesianos, e todos deram resultado negativo. A seis de maio, de 840 testes rápidos de antigénio a alunos da EBS/PE/Creche do Porto Moniz, da EBS Dona Lucinda Andrade e EBS da Ponta do Sol, e um deu resultado positivo. Na sequência, uma turma (14 alunos) e sete docentes da EBS Dona Lucinda Andrade estão em regime de aulas não presencial até indicação em contrário das autoridades de saúde.