Três filmes portugueses no festival suíço Visions du Réel que começa hoje

O festival suíço de cinema Visions du Réel, que começa hoje, volta a acontecer apenas nos pequenos ecrãs, por causa da pandemia, e com três filmes portugueses, dois dos quais em estreia mundial. O Visions du Réel, focado no documentário, cumprirá a 52.ª edição apenas com programação 'online', contornando as restrições sanitárias na Suíça. Na competição internacional de médias e curtas-metragens estão "Sortes", de Mónica Martins Nunes, e "Timkat", de Ico Costa, ambos em estreia mundial. "Sortes" tem coprodução alemã, foi rodado no Alentejo, registando a paisagem humana e rural da serra de Serpa, marcada pela desertificação. "Timkat", de Ico Costa, foi rodado na Etiópia e regista um ritual religioso de purificação e batismo, que reúne milhares de pessoas junto ao rio Jordão. Na secção "Latitudes" do Visions du Réel estará o filme "No táxi do Jack", de Susana Nobre e no qual conta a história de Joaquim Calçada, antigo mecânico de aviões e motorista, que esteve emigrado nos Estados Unidos e regressou duas décadas depois a Portugal, para se reformar. O festival estender-se-á até ao dia 25.

Três filmes portugueses no festival suíço Visions du Réel que começa hoje
O festival suíço de cinema Visions du Réel, que começa hoje, volta a acontecer apenas nos pequenos ecrãs, por causa da pandemia, e com três filmes portugueses, dois dos quais em estreia mundial. O Visions du Réel, focado no documentário, cumprirá a 52.ª edição apenas com programação 'online', contornando as restrições sanitárias na Suíça. Na competição internacional de médias e curtas-metragens estão "Sortes", de Mónica Martins Nunes, e "Timkat", de Ico Costa, ambos em estreia mundial. "Sortes" tem coprodução alemã, foi rodado no Alentejo, registando a paisagem humana e rural da serra de Serpa, marcada pela desertificação. "Timkat", de Ico Costa, foi rodado na Etiópia e regista um ritual religioso de purificação e batismo, que reúne milhares de pessoas junto ao rio Jordão. Na secção "Latitudes" do Visions du Réel estará o filme "No táxi do Jack", de Susana Nobre e no qual conta a história de Joaquim Calçada, antigo mecânico de aviões e motorista, que esteve emigrado nos Estados Unidos e regressou duas décadas depois a Portugal, para se reformar. O festival estender-se-á até ao dia 25.