Turista perdida no mar durante dois dias sobrevive a comer doces

Uma turista sobreviveu durante dois dias à deriva no mar, num barco perto da Grécia, e só comeu doces. De acordo com a SIC Notícias, que cita a BBC, a mulher, com 45 anos de idade, da Nova Zelândia, foi resgatada do Mar Egeu, ao norte de Creta,...

Turista perdida no mar durante dois dias sobrevive a comer doces
Uma turista sobreviveu durante dois dias à deriva no mar, num barco perto da Grécia, e só comeu doces. De acordo com a SIC Notícias, que cita a BBC, a mulher, com 45 anos de idade, da Nova Zelândia, foi resgatada do Mar Egeu, ao norte de Creta, no domingo. Durante a provação que viveu durante 37 horas, Stein tinha um "punho de doces cozidos" e enrolou-se em sacos plásticos para se aquecer. Stein, uma marinheira experiente, colocou uma sacola vermelha na cabeça e usou um espelho para atrair a atenção, dizem os relatórios. A Guarda Costeira Grega encontrou a sobrevivente a 101 quilómetros a norte de Creta, a maior ilha da Grécia. A mesma publicação conta que a sobrevivente estava a ajudar um britânico a levar um iate do sul da Turquia para Atenas. Durante a viagem, Stein decidiu ir passear sozinha num barco até Folegandros - uma ilha da Grécia no mar Egeu. Quando voltava para o iate, um dos seus remos caiu ao mar e os ventos fortes empurraram a jovem para o mar. O proprietário do iate, quando reparou que a mulher não voltava, relatou o seu desaparecimento às autoridades gregas na manhã de sábado. Uma operação de busca e salvamento envolveu seis embarcações, um helicóptero e um drone subaquático, que foi lançado pela guarda costeira.