Vacina CureVac apenas 47% eficaz com base em an√°lise preliminar

O laborat√≥rio alem√£o CureVac anunciou na quarta-feira que a sua principal vacina desenvolvida contra a covid-19 revelou apenas 47% de efic√°cia, segundo a an√°lise preliminar de um ensaio cl√≠nico, n√£o cumprindo os crit√©rios de aprova√ß√£o. A vacina "atingiu uma efic√°cia preliminar de 47% contra a covid-19, independentemente da sua gravidade, n√£o atendendo aos crit√©rios estat√≠sticos de sucesso preestabelecidos", disse o laborat√≥rio numa nota. O laborat√≥rio alem√£o assinou um importante contrato de encomenda com a Uni√£o Europeia para esta vacina. A Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde afirmou que vacinas com efic√°cia acima de 50% valem a pena, embora muitas das j√° aprovadas tenham uma taxa muito superior. Segundo o laborat√≥rio CureVac, o estudo de grande escala foi dificultado pela ampla gama de variantes encontradas entre os casos de covid-19 implicados no estudo. O presidente executivo da CureVac, Franz-Werner Haas, disse que a empresa continuar√° a trabalhar numa an√°lise final e sublinhou que "a efic√°cia geral da vacina pode mudar".

Vacina CureVac apenas 47% eficaz com base em an√°lise preliminar
O laborat√≥rio alem√£o CureVac anunciou na quarta-feira que a sua principal vacina desenvolvida contra a covid-19 revelou apenas 47% de efic√°cia, segundo a an√°lise preliminar de um ensaio cl√≠nico, n√£o cumprindo os crit√©rios de aprova√ß√£o. A vacina "atingiu uma efic√°cia preliminar de 47% contra a covid-19, independentemente da sua gravidade, n√£o atendendo aos crit√©rios estat√≠sticos de sucesso preestabelecidos", disse o laborat√≥rio numa nota. O laborat√≥rio alem√£o assinou um importante contrato de encomenda com a Uni√£o Europeia para esta vacina. A Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde afirmou que vacinas com efic√°cia acima de 50% valem a pena, embora muitas das j√° aprovadas tenham uma taxa muito superior. Segundo o laborat√≥rio CureVac, o estudo de grande escala foi dificultado pela ampla gama de variantes encontradas entre os casos de covid-19 implicados no estudo. O presidente executivo da CureVac, Franz-Werner Haas, disse que a empresa continuar√° a trabalhar numa an√°lise final e sublinhou que "a efic√°cia geral da vacina pode mudar".