Velejadores do CNF querem atingir pódio no Campeonato Nacional de vela adaptada

António Nóbrega e António Calaça estão de partida para o Campeonato Nacional de  Vela Adaptada. Os dois velejadores do CNF partem com o objetivo de chegar ao pódio desta competição da classe Hansa 2.3 e 303 que decorre em Portimão. Os velejadores...

Velejadores do CNF querem atingir pódio no Campeonato Nacional de vela adaptada
António Nóbrega e António Calaça estão de partida para o Campeonato Nacional de  Vela Adaptada. Os dois velejadores do CNF partem com o objetivo de chegar ao pódio desta competição da classe Hansa 2.3 e 303 que decorre em Portimão. Os velejadores estão confiantes não fosse já a experiência nestas andanças. Acompanhados pelo treinador Pedro Correia, os jovens de 32 e 30 anos vão competir entre 15 velejadores de vários clubes nacionais. Estão previstas nove regatas e os principais desafios serão a adaptação à ondulação que é mais curta e ao vento que é muito mais inconstante que na Madeira, conforme refere o treinador. Os jovens querem chegar ao pódio tanto nas duplas como individualmente e apenas receiam que o vento seja demasiado fraco ou algum equipamento da embarcação se danifique impedindo a continuação da prova. Os velejadores frequentam esta modalidade há largos anos no Clube Naval do Funchal, tendo já conquistando os títulos de campeões regionais e, no caso de António Nóbrega, o título de campeão nacional em 2001, logo na primeira estreia nacional. Depois do Nacional os atletas partem para o Campeonato Europeu de Vela Adaptada também em Portimão contando com a companhia de Mónica Mendonça também ela velejadora do Naval e campeã regional.