Venezuela: Nicolás Maduro muda cinco ministros e cria Ministério do Turismo e Comércio Externo

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou, esta segunda-feira através do Twitter, alterações no seu Governo no âmbito de um processo de "renovação, retificação e mudança". "Povo da Venezuela! No marco do processo de renovação, retificação...

Venezuela: Nicolás Maduro muda cinco ministros e cria Ministério do Turismo e Comércio Externo
O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou, esta segunda-feira através do Twitter, alterações no seu Governo no âmbito de um processo de "renovação, retificação e mudança". "Povo da Venezuela! No marco do processo de renovação, retificação e mudança, decidi nomear um grupo de profissionais com ampla experiência e alta sensibilidade social, em importantes responsabilidades para o desenvolvimento integral do país", disse. Segundo Nicolás Maduro, a nova ministra de Agricultura Urbana é Vanesa Montero López, que terá como missão consolidar o desenvolvimento agrícola urbano e periurbano, "nesta etapa de agressão económica contra a pátria". Por outro lado, Oswaldo Rafael Barbera Gutiérrez, será o novo ministro de Ecosocialismo e deverá "proteger o meio ambiente como espaço fundamental para o desenvolvimento da vida do ser humano". O Ministério de Educação Universitária será dirigido pelo advogado César Gabriel Trómpiz Cecconi, que deverá "conduzir o sistema educativo público universitário para que esteja ao serviço dos grandes interesses" da nação. Ásia Yajaira Villegas Poljak dirigirá o Ministério para a Mulher e Igualdade de Género, com a missão de "continuar a aprofundar todos os mecanismos de inclusão de género e proteção integral da mulher". Por outro lado, o Ministério do Poder Popular para o Desenvolvimento Mineiro Ecológico será conduzido pelo almirante Gilberto Pinto Blanco, a quem Maduro encomenda "a tarefa de impulsar o desenvolvimento" do setor. O Presidente da Venezuela anunciou ainda que vai ser criado o Ministério de Turismo e Comércio Externo, que será chefiado por Félix Ramón Plasencia González, cuja gestão estará centrada em impulsar o desenvolvimento turístico e o investimento internacional do país.