Vítima de doença súbita sofre paragem cardiorrespiratória

A equipa pré-hospitalar dos Bombeiros Voluntários Madeirenses (BVM) conseguiu reverter a situação. Um indivíduo de sexo masculino sofreu uma paragem cardiorrespiratória (PCR), no Caminho da Lombada, em São Martinho. Ao que tudo indica, uma...

Vítima de doença súbita sofre paragem cardiorrespiratória
A equipa pré-hospitalar dos Bombeiros Voluntários Madeirenses (BVM) conseguiu reverter a situação. Um indivíduo de sexo masculino sofreu uma paragem cardiorrespiratória (PCR), no Caminho da Lombada, em São Martinho. Ao que tudo indica, uma doença súbita terá provocado a situação mais grave ao nível pré-hospitalar. Quando os bombeiros chagaram ao local, a vítima estava sem sinais vitais, tendo sindo logo iniciadas as manobras de reanimação, com recurso ao DAE. Após o trabalho dos operacionais do pré-hospitalar, a vítima recuperou os sinais vitais e foi transportada ao hospital. Fonte do Hospital Dr. Nélio Mendonça confirmou ao JM que a vítima entrou com sinais vitais para a sala de urgência, com sinais vitais, mas com prognóstico muito reservado.