Wall Street cai no início da sessão com aumento de casos de coronavírus

A bolsa de Nova Iorque negociava hoje em queda no início da sessão, após a China ter anunciado 254 novas mortes e 15.152 novos infetados em 24 horas pelo novo coronavírus, um aumento recorde. Às 14:55 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones descia...

Wall Street cai no início da sessão com aumento de casos de coronavírus
A bolsa de Nova Iorque negociava hoje em queda no início da sessão, após a China ter anunciado 254 novas mortes e 15.152 novos infetados em 24 horas pelo novo coronavírus, um aumento recorde. Às 14:55 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones descia 0,34% para 29.450,89 pontos e o Nasdaq baixava 0,30% para 9.696,41 pontos. O índice alargado S&P 500 recuava 0,33% e estava em 3.368,23 pontos. O número total de mortes pelo surto, inicialmente detetado em dezembro passado, fixou-se hoje em 1.367, enquanto o número de casos confirmados ascendeu a 59.804 em toda a China continental. O aumento de casos reportados hoje resulta de uma alteração na metodologia da contagem. O novo método de contagem inclui "casos clinicamente diagnosticados", mas que não foram ainda sujeitos a exame laboratorial e, portanto, ausentes até agora das estatísticas. Na bolsa nova-iorquina, o construtor de veículos elétricos Tesla registava uma queda de 4% após ter anunciado que vai emitir novas ações. Wall Street encerrou na quarta-feira em níveis inéditos, depois de o Dow Jones ter subido 0,94%, o Nasdaq 0,90% e o S&P 500 0,65%.